Para você

Notícias

Profª Betti Hartman (IFSC/USP) fala sobre a radiação cósmica de fundo

Na última palestra da edição de 2018 do programa Ciência às 19 Horas, realizada no dia 13 de novembro, coube à docente e pesquisadora do IFSC/USP, Profª Betti Hartmann, discorrer sobre o tema A radiação cósmica de fundo – O que as micro ondas nos dizem sobre a origem do Universo, tendo em consideração que essa radiação é uma preciosidade que remonta ao início do universo, muito quente e densa, e que foi criada cerca de 380.000 anos após a grande explosão (Big- Bang) que deu origem ao nosso universo.

Devido à expansão do universo, esta radiação resfriou e hoje tem uma temperatura de apenas -270,43 ° C, podendo ser observada como uma radiação de micro-ondas, quase completamente uniforme, em todo o céu.

Sobre este assunto, Betti Hartmann conversou com a Assessoria de Comunicação do IFSC/USP.

Clique na imagem para assistir aos comentários da pesquisadora.

(Rui Sintra – jornalista)

Prof. Ramachrisna Teixeira (IAG/USP) fala da missão espacial “Gaia”

18 de setembro foi a data escolhida para a realização de mais uma edição do programa Ciência às 19 Horas, com a palestra do Prof. Ramachrisna Teixeira (IAG/USP) subordinada ao tema Missão espacial Gaia: uma nova era da Astronomia e que ocorreu, como habitualmente, a partir das 19 horas, no Auditório “Prof. Sérgio Mascarenhas”.

Em sua apresentação, Ramachrisna Teixeira mostrou como a Missão Espacial Gaia, da Agência Espacial Europeia, colocou nas mãos dos cientistas, em 25 de abril de 2018, dados observacionais em quantidade e com qualidade, com as quais até há bem pouco tempo nem se sonhava: entre eles, a grandeza mais importante de toda a Astronomia – a distância de mais de um bilhão de estrelas, que permite dizer onde se encontram, como são e como dançam, iniciando assim, uma nova era no estudo do Universo.

Não se trata de uma nova descoberta, mas sim de uma base de dados sem precedentes sobre a qual repousará o conhecimento astronômico nos próximos 40-50 anos.

Sobre este assunto, o Prof. Ramachrisna Teixeira dialogou com a nossa reportagem.

Confira, clicando na imagem abaixo:

(Rui Sintra – jornalista)

NOTÍCIAS

Profª Betti Hartman (IFSC/USP) fala sobre a radiação cósmica de fundo

Na última palestra da edição de 2018 do programa Ciência às 19 Horas, realizada no dia 13 de novembro, coube à docente e pesquisadora do IFSC/USP, Profª Betti Hartmann, discorrer sobre o tema A radiação cósmica de fundo – O que as micro ondas nos dizem sobre a origem do Universo, tendo em consideração que essa radiação é uma preciosidade que remonta ao início do universo, muito quente e densa, e que foi criada cerca de 380.000 anos após a grande explosão (Big- Bang) que deu origem ao nosso universo.

Devido à expansão do universo, esta radiação resfriou e hoje tem uma temperatura de apenas -270,43 ° C, podendo ser observada como uma radiação de micro-ondas, quase completamente uniforme, em todo o céu.

Sobre este assunto, Betti Hartmann conversou com a Assessoria de Comunicação do IFSC/USP.

Clique na imagem para assistir aos comentários da pesquisadora.

(Rui Sintra – jornalista)

Prof. Ramachrisna Teixeira (IAG/USP) fala da missão espacial “Gaia”

18 de setembro foi a data escolhida para a realização de mais uma edição do programa Ciência às 19 Horas, com a palestra do Prof. Ramachrisna Teixeira (IAG/USP) subordinada ao tema Missão espacial Gaia: uma nova era da Astronomia e que ocorreu, como habitualmente, a partir das 19 horas, no Auditório “Prof. Sérgio Mascarenhas”.

Em sua apresentação, Ramachrisna Teixeira mostrou como a Missão Espacial Gaia, da Agência Espacial Europeia, colocou nas mãos dos cientistas, em 25 de abril de 2018, dados observacionais em quantidade e com qualidade, com as quais até há bem pouco tempo nem se sonhava: entre eles, a grandeza mais importante de toda a Astronomia – a distância de mais de um bilhão de estrelas, que permite dizer onde se encontram, como são e como dançam, iniciando assim, uma nova era no estudo do Universo.

Não se trata de uma nova descoberta, mas sim de uma base de dados sem precedentes sobre a qual repousará o conhecimento astronômico nos próximos 40-50 anos.

Sobre este assunto, o Prof. Ramachrisna Teixeira dialogou com a nossa reportagem.

Confira, clicando na imagem abaixo:

(Rui Sintra – jornalista)

PARA VOCÊ

Fale conosco
Instituto de Física de São Carlos - IFSC Universidade de São Paulo - USP
Programa Ciência às 19 horas
Obrigado pela mensagem! Assim que possível entraremos em contato..